Share |

Comissão parlamentar do Ambiente reunida com autarcas de Barcelos

A comissão parlamentar de ambiente, presidida pelo deputado do bloco eleito por Braga, Pedro Soares, esteve reunida esta segunda-feira com autarcas Locais de Barcelos para discutir os efeitos e impactos negativos na saúde devido à instalação da linha de muito alta tensão.

Com este encontro, a comissão quis ouvir os autarcas locais e perceber os receios das populações. A posição dos deputados é unânime, ou seja, a travar o atual traçado e ativar todos os mecanismos legais para proteger as populações locais do impacto negativo da instalação deste tipo de linha. Os autarcas locais estão contra a passagem da linha dupla de muito alta tensão pelo concelho de Barcelos, pois, para além das linhas de muita alta tensão serem nocivas à saúde, as populações locais temem também a desvalorização das propriedades locais.

A Assembleia da República já aprovou a suspensão da implementação da linha enquanto a regulamentação não proteger as populações.

Na Galiza o processo já foi suspenso. 

Para tentar travar a instalação da linha, a assembleia municipal de Barcelos prepara uma conferência pública para sensibilizar e esclarecer sobre os riscos da instalação, sexta próxima. Do encontro desta segunda-feira, em Macieira de Rates, a comissão parlamentar de economia e também a comissão parlamentar do ambiente assumiram, o compromisso de ouvirem o presidente da REN, em audição parlamentar, em breve. 

A 23 de maio, representantes das entidades envolvidas reúnem em Barcelos numa tentativa de encontrar um traçado alternativo para a instalação da linha de muito alta tensão de modo a não provocar impactos negativos nas populações locais.