Share |

Bloco reuniu com presidente da Câmara de Terras de Bouro

Em Terras de Bouro, a candidatura do Bloco de Esquerda defendeu a atribuição de compensações ao município de Terras de Bouro, uma vez que todo o processo de desenvolvimento económico local está condicionado pela Rede Natura 2000 e PNPG. "O ministro do Ambiente tem mantido uma atitude demissionista e de inação relativamente a este problema", referiu Pedro Soares. 

Quase a totalidade do território do concelho, cerca de 95 por cento, faz parte da Rede Natura 2000. Metade do município incluí espaço geográfico do Parque Nacional da Peneda Gerês. "Por parte do Governo não há qualquer medida de discriminação positiva que beneficie Terras de Bouro sendo inadmissível a falta de investimento nas ETAR`s", acrescentou Pedro Soares. Segundo o autarca Joaquim Cracel, "nenhuma funciona em condições e todas são insuficientes para evitar a drenagem de efluentes não tratados para o rio Homem, o rio Gerês e o Rio Cávado".

Na Câmara Municipal de Terras de Bouro, a comitiva do Bloco de Esquerda registou o problema do despovoamento indicado pelo autarca local. A emigração dos jovens é em grande escala retirando capacidade de desenvolvimento no interior do distrito devido à crescente desertificação.