AGENDA

REDES SOCIAIS

 

OPINIÃO

Enquanto não houver vontade e coragem política para tomar decisões que, de facto, façam a diferença e respondam aos problemas da Habitação, a máxima “tanta gente sem casa e tanta casa sem gente” continuará a imperar.

Ainda que o Orçamento Municipal de Barcelos não responda, de todo, às ambições e necessidades das e dos barcelenses, parece agradar (pasme-se!) quer ao PS, quer à extrema-direita do Chega, dado que o aprovaram.

Como se explica que um governo suportado por uma maioria parlamentar seja capaz de colecionar escândalos a uma cadência tão apressada? Simplesmente porque se sentem imunes a escrutínios e impunes à coação, estando a coberto de uma maioria de absolutismo governativo.

Resoluções Mesa Nacional

DESTAQUE

Há largos meses que cerca de vinte funcionárias de limpeza dos Serviços de Ação Social da Universidade do Minho (SASUM) se deparam com irregularidades no pagamento dos seus salários e subsídios. 

NOTÍCIAS

Bloco Distrital de Braga

O Bloco de Esquerda expressa a sua total solidariedade para com os trabalhadores da “Bom Dia” e considera urgente que o Governo intervenha, no sentido de garantir a defesa dos direitos destes trabalhadores e das suas famílias que se encontram sem receber salários há mais de dois meses e que, neste momento, estão sem os seus postos de trabalho e sem proteção social, o que é inaceitável.

Bloco Distrital de Braga

O Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda teve conhecimento de novas descargas poluentes no ribeiro de Sá, em Vizela. Perante esta situação, voltamos a questionar o Governo para saber que medidas vão ser tomadas para averiguar esta situação e que medidas vão ser implementadas para garantir que esta situação não se repete.

Bloco Distrital de Braga

Os eurodeputados do Bloco de Esquerda Marisa Matias e José Gusmão endereçaram uma pergunta à Comissão Europeia sobre o aterro do Baixo Cávado e Vale do Lima, conhecido também como aterro de Paradela.

Bloco Distrital de Braga

O Bloco de Esquerda reuniu hoje com a administração do Hospital de Braga. A unidade hospitalar está a envidar esforços para voltar a assegurar a realização de ecografias do segundo trimestre a todas as grávidas do distrito referenciadas para o hospital. Recurso a privados não permitiu ultrapassar o problema. Bloco vai questionar o Governo e considera que têm que ser encontradas soluções para esta situação que acontece não apenas em Braga mas em vários hospitais do país. 

Bloco Distrital de Braga

O Grupo Municipal do Bloco de Esquerda endereçou um requerimento à Câmara Municipal de Braga solicitando diversas informações sobre o processo de licenciamento da construção de habitações na Central de Camionagem de Braga. Consideramos que este processo carece de muitos esclarecimentos, seja relativamente ao projeto seja relativamente à opção pela parceria público-privada.

Bloco Distrital de Braga

Na sexta-feira, dia 20, a sede do Bloco de Esquerda em Braga recebeu um debate preparatório do I Fórum LGBTQIA+ do Bloco. 

Bloco Distrital de Braga

A Comissão Coordenadora Distrital de Braga do Bloco de Esquerda organiza um debate e festa no âmbito da preparação do I Fórum LGBTQI+ do Bloco. Este debate, a decorrer no dia 20 de janeiro pelas 21h00 na sede distrital do Bloco em Braga, conta com Marta Hipólito (artista e coorganizadora da Marcha do Orgulho LGBTQIA+ de Esposende) e moderação de Diogo Barros. 

Bloco Distrital de Braga

O Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda entregou um requerimento na Comissão Parlamentar de Saúde para que o Ministro da Saúde seja ouvido com urgência. Em causa está o encerramento de maternidades e os problemas de funcionamento nos serviços de urgência. Este requerimento é votado na sessão da Comissão a decorrer no dia 11 de janeiro. 

Bloco Distrital de Braga

Em outubro de 2022, o Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda dirigiu uma pergunta ao Governo onde indicámos que o Hospital de Braga tinha deixado de assegurar ecografias de segundo trimestre de forma generalizada. Por este motivo, as grávidas não atendidas no hospital - que são a maioria - têm apenas como resposta o recurso ao setor convencionado onde é impossível obter resposta nos tempos adequados. Reconhecendo o esforço dos profissionais do Hospital de Braga, o Bloco considera esta situação grave e apela à coordenação urgente com os hospitais de Famalicão e Guimarães para dar resposta às grávidas do distrito. 

Bloco Distrital de Braga

Decorreu ontem na sede do Bloco de Esquerda em Braga a sessão "Brasil, e agora?", organizada pela Comissão Coordenadora Distrital de Braga do Bloco de Esquerda.