Destaque

O Bloco de Esquerda promoveu, na tarde deste sábado, em Famalicão, um encontro de autarcas e ativistas locais, para debater a política autárquica no distrito de Braga.

Notícias

Bloco Distrital de Braga

O deputado do Bloco de Esquerda eleito pelo circulo eleitoral de Braga, esteve esta terça-feira, no concelho de Póvoa de Lanhoso, para visita ao Centro Interpretativo Maria da Fonte e à Escola Secundária da Póvoa de Lanhoso.

Bloco Guimarães

O Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda questionou o Governo, através do Ministério da Saúde, sobre as circunstâncias que levaram uma utente a falecer de Gripe A no Hospital de Guimarães.

Bloco Famalicão

O Bloco de Esquerda condena esta intenção da Administração dos CTT e apela a todos que lutem contra este encerramento que, a verificar-se, será um duro golpe para povo de Riba de Ave e freguesias vizinhas.

Bloco Distrital de Braga

O Bloco de Esquerda pretende que o Governo alague as medidas de apoio a todos concelhos significativamente atingidos pelos incêndios do verão. No distrito de Braga, a área ardida nos concelhos de Cabeceiras de Basto, Celorico de Basto, terras de Bouro, Vieira do Minho, Fafe e Braga situa-se nos 3.355 hectares, sendo que 919 hectares foram na zona protegida do Parque Nacional Peneda Gerês.

Bloco Famalicão

O Grupo Parlamentar do BE questionou o Governo sobre a situação no Grupo Têxtil Ricon. Em causa está um processo de insolvência que ameaça mais de 800 postos de trabalho no concelho de Famalicão.

Bloco Barcelos

A Assembleia Municipal de Barcelos aprovou por unanimidade a moção do Bloco de Esquerda intitulada “Rio Cávado, um bem natural que é de e para todo(a)s”. 

Bloco Concelho de Braga

A Assembleia de Freguesia de S. Vitor votou unanimemente a moção do Bloco de Esquerda “Defesa da Fábrica Confiança como património municipal para fins culturais”.

Vídeos

Pedro Soares apresenta o PjL do BE que institui um prazo para a regulamentação e reforça a Lei de proteção contra a exposição aos campos elétricos e magnéticos.

Opinião

O executivo minoritário PS está com dificuldade de gestão financeira e com incapacidade de elaborar um plano de atividades que sustente as promessas eleitorais e corresponda a exigências de alguma oposição, ou o executivo minoritário PS quer marcar a diferença com a novidade de um documento que corte com a corriqueira lógica contabilística do deve-haver e condiga com uma visão estratégica de apostas no desenvolvimento. 

O PS não contará com o Bloco de Esquerda para, à custa da democracia, da transparência e do interesse público, aumentar redes de influência no poder local.

Deputado eleito por Braga

Clique para ver mais

Revista Vírus